Salt Spray Ciclico: SERIE SS

As Câmaras de corrosão tipo Salt Spray neutro, série SS, também conhecidas como Câmara de Névoa Salina, foram construídas para atender os requisitos da ASTM B117, ISO 9227 CASS / AASS - JIS Z 2374 CASS / AASS e ABNT NBR 8094.

Abaixo segue algumas características construtivas do equipamento muito importantes para repetibilidade e reprodutibilidade do ensaio, pois estes são comparativos, portanto devem seguir as características de construção das normas.

 - Aquecimento indireto através da jaqueta de água ao redor de todo equipamento (pag.8 da ASTM B117).

- Possuem tampa com acabamento interno liso e com ângulo de 100 graus, evitando gotejamento sobre as amostras (pág. 1 e 8 da ASTM B 117).

-  SD Card, salva em tempo real os parâmetros de ensaio, basta abrir o Microsoft  Excel para ter o gráfico de todo ciclo realizado.

-  Construção de acordo com NR10 - NR12 e UL508.

-  Todos os componentes usados têm registro na UL.

-  Estão disponíveis nos volumes internos 600 – 1300 - 3.000 – 5.000 (outras dimensões sob consulta)

- Construção do equipamento totalmente com material inerte que não interferem no resultado final do ensaio.

- Tela Touch Screen colorida.

Permite programar ciclos totalmente automáticos com diferentes modos:

- Modo Salt Spray (Nevoa Salina)

- Modo Umidade Condensada

- Modo Natural Dry

- Modo Soak

Aplicação:

As câmaras são utilizadas na realização de testes rápidos de corrosão em peças metálicas com revestimentos orgânicos ou inorgânicos.

Grande parte da sua aplicação destina-se a empresas nos segmentos automotivo, construção civil, plástico, aviação, petróleo e gás, tintas, vernizes, eletrônica, linha branca, metalúrgicas e etc...

Funcionamento:

Os corpos de provas são acomodados dentro do gabinete de ensaio, de acordo com normas técnicas ou em concordância entre cliente/fornecedor, são expostos à uma névoa controlada com alta umidade com solução salina (pH 6,5 a 7,2) à uma temperatura de 35 graus Celsius, por períodos determinados entre clientes e fornecedores ou prescritos em normas.

Após este período de exposição as amostras serão avaliadas de acordo com as normas técnicas que determinam o grau de oxidação e/ou tipo de corrosividade dentre outras avaliações.

Principais normas de ensaio:

ASTM B 117 – ISO 9227 – JIZ J 2374 – MILs – IEC – DIN – SAE – ABNT NBR 8094 e etc...

Normas corporativas VW-FORD-GM- RENAULT-NISSAN – HONDA – YAMAHA – Mercedes Benz Scania – Citroen – AUDI – BMW - e etc...

  • Câmara SS 600

    Câmara SS 600

  • Painel Controle - Touch Screen - SD Card

    Painel Controle - Touch Screen - SD Card

  • Aquecimento Indireto Jaqueta d`água - ASTM B 117

    Aquecimento Indireto Jaqueta d`água - ASTM B 117

  • Gabinete Interno

    Gabinete Interno

  • Exemplo de ciclo de corrosão

    Exemplo de ciclo de corrosão